08 de abril: Dia Mundial de Luta contra o Câncer

08 de abril: Dia Mundial de Luta contra o Câncer

59
0
COMPARTILHAR

Após o diagnóstico, apoio da família e dos amigos tem importância especial no combate à doença

A incidência de câncer aumentou 20% na última década em todo o mundo e, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), deve continuar crescendo. Somente em 2018, conforme estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil registrou mais de 580 mil novos casos da doença. Nos homens, os tumores de próstata são os mais incidentes, chegando a 31% do total. Nas mulheres são os de mama que mais aparecem, chegando a 29,5% dos novos diagnósticos.

Investir em prevenção e estar atento aos sintomas iniciais é sempre a melhor saída. “Quanto mais cedo o diagnóstico for feito, maiores as chances de recuperação do paciente”, ressalta o gerente médico do Hospital Santa Cruz de Curitiba (PR), Dr. Rafael Moraes. Mas a abordagem terapêutica correta, o comprometimento do paciente e o apoio familiar também são importantes no combate à doença. Por isso, 08 de abril é lembrado como o Dia Mundial de Luta contra o Câncer.

Inspiração

A professora de educação infantil Rosa Cristina Delfino Dagomar foi diagnosticada com câncer de mama aos 38 anos. Os exames de rotina indicaram a presença de um nódulo que exigiu cirurgia, quimio e radioterapia. Quatro anos depois, recuperada, Rosa procura inspirar outros pacientes a superarem a doença. “Durante meu tratamento recebi todo o apoio dos amigos, dos colegas de trabalho e da família. Eles estiveram sempre comigo. Procuro retribuir”, destaca.

No final do ano, a professora fez uma atividade com seus alunos, que têm entre 4 e 5 anos e estão em processo de alfabetização. “Conversei com eles sobre a importância de dar apoio às pessoas que estão doentes, que precisam tomar medicamentos tão fortes que fazem cair os cabelos, e disse que iria ao hospital para fazer uma visita. Foi então que as crianças fizeram desenhos e me pediram ajuda para escrever algumas palavras como ‘linda’ e ‘maravilhosa’”, explica.

As cartinhas ficaram expostas no setor de Oncologia do Hospital Santa Cruz e podiam ser lidas por todos os pacientes em tratamento e seus familiares. “Às vezes a lembrança da doença traz tristeza, mas sei que sou capaz de superar, de transformar isso em boas ações. É isso que me deixa feliz e me faz continuar”, pontua Rosa.

Sobre o Hospital Santa Cruz

Fundado em 1966, o Hospital Santa Cruz está localizado no bairro Batel, em Curitiba (PR). É considerado um centro de excelência em alta complexidade no atendimento das áreas de Oncologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Neurologia, Ortopedia, Pronto Atendimento, Checkup e Maternidade, que é referência em Curitiba. Oferece estrutura privilegiada, equipe multidisciplinar, equipamentos de última geração e um moderno centro cirúrgico. É referência no serviço de hotelaria e em atendimento humanizado, com qualidade assistencial e foco na segurança do paciente. É reconhecido com o selo de Acreditação com Excelência, o mais alto nível de certificação nacional, entregue pela ONA, sendo a instituição acreditada nesta categoria por mais tempo no Paraná.

Fonte: Camila Tsubauchi

DEIXE UMA RESPOSTA