LIVRO VERDE Mais de 300 atitudes simples e sustentáveis para você colocar...

LIVRO VERDE Mais de 300 atitudes simples e sustentáveis para você colocar em prática no seu dia a dia hoje mesmo e contribuir para melhorar a qualidade de vida do planeta

121
0
COMPARTILHAR

Sustentabilidade é talvez a palavra mais importante hoje em dia.


O que você faz no seu dia a dia para melhorar a qualidade de vida do planeta?


Há dois ou três anos, essa pergunta seria facilmente ignorada, seria algo piegas. Mas o mundo mudou, nunca se falou tanto sobre o assunto.

 
Por isso este Livro Verde. Escrevi pensando em quem quer melhorar a qualidade de vida no planeta, mas não tem ideia do que fazer nem por onde começar. É uma espécie de manual, de guia com mais de 300 atitudes, a grande maioria bem simples, que qualquer pessoa pode colocar em prática hoje mesmo e contribuir para melhorar a qualidade de vida do planeta. O que significa garantir uma vida mais saudável para os nossos filhos, netos e bisnetos.

Não sou ativista e a ideia surgiu quando fui ao FoodForum, uma série de palestras rápidas sobre gastronomia, com gente muito bacana querendo fazer mais e melhor. Comecei a escrever sobre o que fazia e conhecia, pesquisei e descobri pessoas interessantíssimas, quase anônimas, com um discurso moderno e comprometido, zero piegas. Descobri empresas verdes criadas recentemente com propostas sensacionais e também empresas já estabelecidas investindo em sustentabilidade.


O Livro Verde também traz depoimentos de influenciadores e empresários verdes, que escreverem depoimentos sobre esse ativismo: a modelo internacional Luciana Curtis, a chef carioca Tati Lund, os empresários Marcella Zambardino (Positiv.a), Emily Ewell (Pantys), Lucas Chiabi (Ciclo Orgânico) e Rodrigo Oliveira (Green Mining), as influenciadoras Carol Cronemberger, do @carol.cronemberger, Alice Worcman, do @organicidade, Marina Maia, do @marinasimplifica, e Nicole Berndt, da @casasemlixo, entre outros.


Para facilitar a vida de quem estiver lendo o livro, dividi essas práticas por lugares – em casa, no trabalho e na rua sugestões simples como as que seguem abaixo – todas, de uma forma ou de outra, focando os chamados Cinco Rs da Sustentabilidade: reduzir, reutilizar, reciclar, repensar e recusar:


– jogue o lixo no lixo. Não jogue o lixo fora. Fora é um lugar que não existe. Ou é um lugar inadequado.

 
– abandone o hábito de pegar os saquinhos de plástico para colocar frutas e verduras no mercado e as sacolinhas de plástico na hora de pagar a conta. Use ecobags.


– separe o seu lixo doméstico, de um lado tudo o que pode ser reutilizado ou reciclado, de outro o lixo orgânico, que pode se transformar em adubo.


– economize água tomando banhos mais curtos e colocando um balde dentro do box durante o banho. Não ria. Você vai encontrar um bom uso para essa água.


– sabia que lavar as roupas na máquina com água fria, ao invés de água quente, reduz o gasto de energia elétrica?


– compre notebooks ao invés de computadores de mesa, que gastam mais energia.


– você pode economizar tinta se escolher a melhor fonte para imprimir seus documentos. A fonte arial é uma das mais econômicas.


– delete aquele monte de e-mails, fotos e arquivos velhos que não servem para nada. Os data centers gastam fortunas com energia elétrica para armazenar esse lixo eletrônico.


– carregue o seu celular no modo avião. A bateria carrega mais rápido porque o modo avião desliga todas as radiofrequências do aparelho.


– se precisar mesmo viajar de avião ou de ônibus, leve apenas uma bagagem de mão. Veículos mais leves gastam menos combustível.


– escolha marcas de jeans que não gastem 10 mil litros de água para produzir uma única calça.


– adoramos uma boa liqui! E um bazar?! Mas quantas vezes compramos só porque estava barato? Muitas! Então repense, recuse e passe a comprar apenas o necessário. Se necessário.


– não passe lingeries, cuecas, pijamas de malha, lençóis, fronhas, toalhas de banho e de rosto. Essas peças ficam ótimas se forem muito bem dobradas.


– evite fast fashion.


– evite fast food.

– coma menos carne vermelha: #segundasemcarne


– crie a #terçasemsecador


– aproveite a hora do banho para… fazer um  xixi. Menos uma descarga por dia pode fazer uma diferença significativa no final de um ano na sua conta de água. Parece pouco? Combine com toda a família. Ou imagine um milhão de pessoas fazendo a mesma coisa.


– evite mascar chicletes. Eles são feitos de plástico e borracha e vão para o lixo.


– procure saber qual é a sua pegada de carbono.


– reutilize-se: quando morrer, doe todos os órgãos que puder.


– e seja gentil.


Eu realmente acredito que a gentileza pode melhorar e muito a qualidade de vida que temos na Terra.


Se tiver que resumir: precisamos dar alguns passos atrás e comprar menos, consumir com mais inteligência, de modo racional. É disso que se trata. Precisamos reduzir o nosso consumo no dia a dia e gastar o dinheiro que sobrar – porque vai sobrar – com lazer, com momentos divertidos e agradáveis com os filhos, com a família, com os amigos.


O Livro Verde já está disponível na Amazon (R$ 24,99). A capa é do designer Alex Hirakawa.

Nesse link é possível acessar uma amostra do livro  http://amz.onl/6ns0PDc

DEIXE UMA RESPOSTA