Fim de ano: rendimentos extras podem virar investimento na casa...

Fim de ano: rendimentos extras podem virar investimento na casa própria

190
SHARE

Taxas de juros favoráveis transformam os imóveis populares em opções seguras de investimentos 

O final de ano pode ser o momento ideal para adquirir um imóvel com melhores condições de compras. É nesse período que muitos brasileiros contam com recursos extras – como décimo terceiro, férias, participação nos lucros e outros. Somados aos programas habitacionais do governo, podem se transformar em investimento, como na compra da casa própria. A Lyx Engenharia, uma das principais parceiras da Caixa Econômica Federal no Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) no Paraná, aposta em um incremento de 20% no volume de negócios nesse final de ano.  

A construtora tem grande parte de seus empreendimentos voltados ao maior programa habitacional do Governo Federal. Segundo a assessora de investimentos da SAL Investimentos, escritório credenciado à XP Investimentos em Curitiba, Regilaine Arruda, os imóveis do MCMV são bastante acessíveis e estão disponíveis para famílias com renda de até R$ 1,8 mil na primeira faixa de renda. 

A assessora explica que esse e outros fatores fazem do momento o cenário ideal para investir. Isso porque, segundo ela, o mercado de construção civil está em alta, o que impacta nas condições de crédito imobiliário. Além da questão financeira, os juros para o financiamento de imóveis estão relativamente baixos, oscilando de 5% a 9% ao ano, dependendo da renda familiar e da modalidade do investimento.  

O vice-presidente comercial da LYX Engenharia, Paulo Antônio Kucher, salienta que essa é uma oportunidade para quem tem disponibilidade de recursos e busca um investimento seguro. “Hoje o mercado está muito favorável para quem quer comprar um imóvel, principalmente empreendimentos populares, que contam com inúmeros benefícios. Essa é a hora mais apropriada, porque, como qualquer outro investimento, podem ocorrer mudanças, devido ao cenário político-econômico no Brasil e no mundo”, analisa.  

Atualmente a construtora conta com 18 residenciais prontos e outros seis em construção em cidades como Curitiba, São José dos Pinhais, Araucária, Almirante Tamandaré, Colombo e Campo Largo.  

Regilaine destaca o momento favorável para ampliar o patrimônio ou fazer um investimento seguro: “O país nunca teve taxas de juros tão baixas, essa é uma mínima histórica que facilita muito essa aquisição”, complementa.  

Veja algumas dicas da assessora de investimentos: 

1 – “O melhor momento para investir é quando se tem o dinheiro para isso”, explica Regilaine. A assessora reforça a possibilidade de usar recursos de férias e 13.º salário, considerados recursos extras, para oferecer uma entrada e reduzir o saldo do financiamento. 

2 – Mesmo com essa renda suplementar, o primeiro passo para realizar a compra de uma casa é controlar o orçamento (entradas e saídas), aponta a especialista. 

3 – Evitar dívidas é outro ponto que precisa de atenção, segundo Regilaine. Para isso, é necessário ter um bom planejamento e uma estrutura financeira organizada para não gerar despesas. 

4 – Como qualquer outra aquisição, a pesquisa é chave para o sucesso. “É preciso estudar e negociar as melhores taxas e condições para que esse investimento se encaixe na realidade”, afirma. 

www.lyxengenharia.com.br

Fonte: Lyx Engenharia

LEAVE A REPLY