Alunos de Curitiba conquistam ouro na Olimpíada Nacional de Ciências

Alunos de Curitiba conquistam ouro na Olimpíada Nacional de Ciências

163
SHARE

Mais de dois milhões de estudantes participaram das provas on-line em todo Brasil

A Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) divulgou na última quinta-feira (25/02) a lista dos medalhistas na competição. Nesta edição, devido à pandemia, todas as provas foram aplicadas de forma online e oito alunos do Colégio Marista Anjo da Guarda, em Curitiba (PR) foram premiados e cinco receberam menções honrosas. Os vencedores da olimpíada serão premiados em cerimônia realizada em Brasília, em data a ser confirmada.

Na opinião do orientador Educacional do Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio do colégio, Marcelo Novak, a conquista significa muito para todo o colégio. “Em um ano com tantos desafios, atingir resultados expressivos como os de nossos alunos é motivo de grande orgulho. A Olimpíada Nacional de Ciências, assim como outras olimpíadas do conhecimento, é importante para que os estudantes avaliem seu desempenho em nível nacional”, afirmou.

Podem participar da competição alunos do 8° ano do Ensino Fundamental a 3ª  série do Ensino Médio, sendo cada série um nível de participação com questões diferentes. As provas da ONC correspondem a História, Astronomia, Química, Física e Biologia e visam despertar e estimular o interesse dos estudantes pelo estudo das ciências naturais.

A Olimpíada Nacional de Ciências é uma promoção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e constitui um programa da Associação Brasileira de Química (ABQ), Departamento de História da UNICAMP, Instituto Butantã, Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e Sociedade Brasileira de Física (SBF). Em 2020, mais de 2 milhões de estudantes, de todos os estados do Brasil, se inscreveram para participar da competição. 

O objetivo da competição é despertar e estimular o interesse pelo estudo das ciências naturais, aproximar as instituições de ensino superior, os institutos de pesquisa e sociedades científicas das instituições do ensino médio e do ensino fundamental e identificar estudantes talentosos, incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas, nas universidades ou setores produtivos.

Sobre os Colégios Maristas:  os Colégios Maristas estão presentes no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Fonte: PG1 Comunicação

LEAVE A REPLY