Biquini Cavadão relança sucesso da Malhação, vinte anos depois, com...

Biquini Cavadão relança sucesso da Malhação, vinte anos depois, com novo arranjo.

153
SHARE

Ouça aqui “Quando Eu Te Encontrar”:

ADA.lnk.to/quandoeuteencontrar

Uma rápida passagem no YouTube revela que a música “Quando Eu Te Encontrar” (Alvaro, Bruno, Miguel, Sheik, Coelho, Beni), presente na novela Malhação em 2002,  é uma das músicas mais visualizadas do Biquini Cavadão, superando inclusive sucessos como “Tédio” e “Zé Ninguém” e só perdendo para “Vento Ventania”. Nas plataformas digitais, também não é diferente. Está sempre entre as mais tocadas. “Nós já perdemos a conta de quantas pessoas nos disseram que esta foi a música tocada no casamento delas, e é sempre um ponto alto em nossos shows”, – conta o tecladista Miguel Flores da Cunha. 

No entanto, essa história começa de um modo bem diferente,  em Fevereiro de 2001, quando o Biquini Cavadão, insatisfeito com o trabalho feito com o disco “Escuta Aqui”, dispensa em comum acordo com a BMG a gravação do terceiro disco de seu contrato. Em seguida, fecha com a Universal Music e lança o disco “80”, embalado pela faixa “Múmias”, com a participação póstuma de Renato Russo. Estavam no meio deste trabalho em 2002, quando “Quando Eu Te Encontrar”,  passa a tocar na novela Malhação, da TV Globo, dois anos após o lançamento do disco anterior. Essa faixa perdida no tempo, era o tema principal do casal jovem Nanda e Gui, interpretados por Rafaela Mandelli e Iran Malfitano.

“Agora, pensem comigo, como trabalhar uma faixa de outra gravadora rival? Nem uma, nem a outra queriam. Não éramos mais do cast da BMG e a Universal não poria essa azeitona na empada da concorrente”, diz Bruno Gouveia. Acontece que, contrariando tudo e todos, a música emplacou na novela e diversas rádios do interior passaram a tocá-la, rapidamente chegando às mais pedidas em primeiro lugar.

Passados vinte anos, o Biquini Cavadão lança agora uma nova versão de “Quando Eu Te Encontrar”, com produção de Paul Ralphes, o mesmo que fez a primeira gravação. “Da mesma forma que fizemos uma versão de Múmias para celebrar os 20 anos de seu sucesso recentemente, decidimos fazer o mesmo com esta emblemática canção que tanto os fãs amam.”- Diz Coelho.

O lançamento desta música faz parte de um projeto ainda maior que a banda pretende falar a respeito nos próximos meses.

Fonte: Ana Paula Romeiro

LEAVE A REPLY